INFORMAÇÃO PARA EXAME

TESTOSTERONA LIVRE EM SALIVA, 1ª AMOSTRA

Interpretação
A testosterona, um esteróide C-19, é um hormônio natural mais eficaz na família dos andrógenos. Nos homens, é, sobretudo produzida nas células de Leydig, nos testículos, apenas uma quantidade pequena é produzida no córtex supra-renal. De uma maneira geral, os homens adultos tem concentrações plasmáticas de testosterona 10 a 20 vezes mais elevadas do que as mulheres. Na circulação, a maior parte da testosterona está ligada a proteínas plasmáticas, tal como as globulinas ligadoras de hormônios sexuais (SHBG) e a albumina. Apenas 1 ? 2% da testosterona não
está ligada, portanto, biologicamente ativa. A testosterona livre é liberada através das glândulas salivares. Nas suas células, uma grande parte dos hormônios é transformada em 5 alfadihidrotestosterona. Não obstante, a concentração de testosterona na saliva reflete o nível de testosterona livre no plasma. Os níveis de testosterona nas mulheres devem ser medidos em pacientes que apresentem sintomas clínicos de virilismo, causados pela síndrome adrenogenital, síndrome do ovário policístico ou por neoplasias do córtex supra-renal ou dos ovários.

Unidade Biolabor para realizar esse exame:

Sorocaba - Campolim, Sorocaba - Penha, Sorocaba - Vergueiro, Votorantim, Sorocaba - Zona Norte, Sorocaba - Zona Oeste, Sorocaba - Éden, Salto de Pirapora, Itu, Piedade

Preparação para o exame:


Não fazer uso de nenhum medicamento (oral, transdérmico ou injetável) antes do exame.

Outros: Observar orientação médica de horário da coleta da amostra. Realizar a coleta antes de escovar os dentes, comer ou beber.

OUTROS EXAMES

Selecione a primeira letra do exame abaixo ou utilize o campo para digitar o exame que procura