INFORMAÇÃO PARA EXAME

TESTE DE ESTIMULO C/ ACTH PARA AVALIAÇÃO DEFICIENCIA DE 3ß

o teste de estímulo com ACTH diagnostica casos de hiperplasia adrenal caracterizados por hiperandrogenismo decorrente de deficiências enzimáticas na síntese de esteróides. A dehidroepiandrosterona (DHEA) é um esteróide de origem quase que exclusivamente adrenal, sendo o sulfato de dehidroepiandrosterona (DHEA-S) seu principal metabólito. Um aumento dos níveis séricos de DHEA é um bom marcador de uma produção exagerada de andrógenos pelas adrenais. Pelo fato de apresentar meia-vida mais curta que o DHEA-S, pode ser usado para avaliar respostas agudas da adrenal a estímulo ou depressão. Muitas mulheres portadoras de hirsutismo apresentam defeitos leves na esteroidogênese adrenal. Tais defeitos muitas vezes são evidenciáveis apenas através de testes de estímulo com ACTH. Um destes defeitos é o da enzima 3beta-hidroxi-delta5-dehidrogenase, que pode ser evidenciado por uma resposta exagerada da DHEA ao estímulo com ACTH

Unidade Biolabor para realizar esse exame:

Sorocaba - Vergueiro

Agendamento necessário na unidade:

Sorocaba - Vergueiro

Preparação para o exame:

- material: soro
- preparo do paciente: jejum de oito horas; realizar coleta preferencialmente entre o 6° e o 8° dias do ciclo menstrual
- punção venosa com catéter
- coleta de amostra basal de 17HOPregnenolona e dehidroepiandrosterona (DHEA) entre 7 e 9 horas da manhã ou até duas horas após o horário habitual de despertar
- administração de 250 µg de ACTH sintético via endovenosa ou via intramuscular
- coleta de amostra para dosagem dos esteróides 60 minutos após ACT

OUTROS EXAMES

Selecione a primeira letra do exame abaixo ou utilize o campo para digitar o exame que procura