INFORMAÇÃO PARA EXAME

MACRO PROLACTINA, DOSAGEM SERICA

Trata-se da forma polimétrica da prolactina, de alto peso molecular, que e reconhecida
pelos imunoensaios para prolactina. As diferentes formas de PRL, monomérica (little) e
polimétricas (big e big big prolactina-macroprolactina) podem coexistir no mesmo
individuo. Na maioria dos portadores da macroprolactina, os níveis de PRL são menores que 100ng/mL. A macroprolactina pode estar presente em indivíduos de ambos os sexos com hiperprolactinemia laboratorial e função gonodal normal, embora haja relato de desordens menstruais e galactorréia em alguns pacientes com macroprolactina, sugerindo que ela tenha alguma atividade biológica. E possível a associação de macroprolactina com qualquer outra causa de hiperprolactinemia e ela pode responder por ate 26% dos casos de
hiperprolactinemia. O método de precipitação com polietilenoglicol (PEG) e utilizado como screening para a presença de macropolactinemia associado a hiperprolactinemia assintomática, que ocorre devido a presença de outras formas circulantes de prolactina de maior peso molecular. Monômero de prolactina: 23-kDa. Outras formas circulantes: 50 a 60-kDa (Big-Prolactina) 150 a 170-kDa (Big-big prolactina

Unidade Biolabor para realizar esse exame:

Sorocaba - Campolim, Sorocaba - Penha, Sorocaba - Vergueiro, Votorantim, Sorocaba - Zona Norte, Sorocaba - Zona Oeste, Sorocaba - Éden, Salto de Pirapora, Itu, Piedade

Preparação para o exame:

TEMPO DE JEJUM

- Para todas as idades jejum mínimo necessário de 4 horas.

OUTROS EXAMES

Selecione a primeira letra do exame abaixo ou utilize o campo para digitar o exame que procura