Deseja selecionar mais exames?
SIM NÃO
30 anos - Biolabor


WHATSAPP TelefoneLIGUE AGORA
consulte telefone e whatsapp das unidades

ESTUDO MOLECULAR DO GENE P53

Informações

COMENTÁRIOS
Implicado em: Sindrome de Li-Fraumeni, esta sindrome se caracteriza pela aparição de sarcoma e câncer de primeiro grau antes dos 45 anos, e se herda de maneira autossômica dominante. As mutações germinais são variadas, mas a maioria se localiza nos éxons 4 a 10 do gene p53.
Enfermidade hematológica
- 20 - 30% dos casos de CML
- 5% dos casos MDS e 15% de ANLL
- 2% de ALL
- 15% de CLL
- 5-10% de mielomas múltiplos.
- 60-80% da enfermidade Hodgkin
Câncer de pele
Mutações em TP53 se detectam em 40% dos carcinomas de células basais e escamosas enquanto que são
infrequentes em melanoma maligno.
Câncer de mama
25% dos casos de câncer de mama apresenta mutações em TP53.
Câncer de cabeça e pescoço
40-60% dos cânceres de cabeça e pescoço apresentam mutações em TP53.
Câncer de pulmão
40% dos cânceres de pulmão apresentan mutações G>T no codón 157, 158, 245, 248, 249 e 273 no gene TP53.
Câncer de esôfago
45% de los cânceres de esôfago apresentan mutações no codón 175, 176, 248, 273, 282 no gene TP53.
Câncer de fígado
Em 20-50% dos casos se da perda de 1p, 4q, 5p, 5q, 8q, 13q, 16p, 16q, y 17p. Também aparece mutação no
codón 249 relacionado com a aflatoxina B1 na zona de China e África.
Câncer gástrico
30% dos cânceres gástricos apresentan mutações em TP53.



Biolabor 2019 - Todos os direitos reservados