INFORMAÇÃO PARA EXAME

CLOSTRIDIUM DIFFICILE TOXINAS A e B - FEZES

Clostridium difficile é um bacilo anaeróbico gram positivo que pode
causar colite pseudomembranosa principalmente em pacientes
hospitalizados em uso de antibióticos de largo espectro. Nesses casos
há produção da toxina A que é a responsável pela lesão de mucosa
intestinal e pelas manifestações clínicas e Toxina B, citotóxica. A
sensibilidade do teste é 50% e a especificidade é de 98%. A detecção
da toxina A e B utilizando anticorpo monoclonal permite uma detecção
direta e mais rápida em relação aos ensaios ELISA

Unidade Biolabor para realizar esse exame:

Sorocaba - Campolim, Sorocaba - Penha, Sorocaba - Vergueiro, Votorantim, Sorocaba - Zona Norte, Sorocaba - Zona Oeste, Sorocaba - Éden, Salto de Pirapora, Itu, Piedade

Preparação para o exame:


Instruções de coleta
Coleta: Coletar as fezes em vasilhame limpo e seco, de modo que complete aproximadamente ½ (meio) frasco. Retirar frações de fezes em diferentes partes do bolo fecal


Instruções de preparo
Medicação: Usar laxativos somente quando houver orientação médica.

Evitar o uso de antiácidos e de contraste oral (utilizado em exames radiológicos) no mínimo 72 horas antes da coleta das fezes ou conforme orientação médica.

OUTROS EXAMES

Selecione a primeira letra do exame abaixo ou utilize o campo para digitar o exame que procura