INFORMAÇÃO PARA EXAME

CHLAMYDIA + NEISSERIA GONORRHOEAE - PCR, COLO UTERINO

As clamídias são bactérias intracelulares obrigatórias, desenvolvendo- se na célula hospedeira e formando inclusões citoplasmáticas. Clamídia tracomatis é responsável por infecções sexualmente transmissíveis (uretrites e cervicites), podendo evoluir, quando não tratadas, para infecções profundas (epididimite, salpingite, peri-hepatite, esterilidade tubária), responsável igualmente por conjuntivites e pneumonia no recém-nascido. Pode apresentar-se de forma assintomática em 70% das mulheres e 30% dos homens. A PCR é útil na detecção rápida das infecções (em diversos sítios) por Chlamydia trachomatis. Tem sensibilidade e especificidade superiores à cultura e imunofluorescência direta. Uma de suas principais vantagens é a possibilidade de ser realizada também em amostras de urina, ao invés do raspado uretral. De acordo com o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), a PCR é considerada o teste de escolha para este diagnóstico

Unidade Biolabor para realizar esse exame:

Sorocaba - Campolim, Sorocaba - Penha, Sorocaba - Vergueiro, Votorantim, Sorocaba - Zona Norte, Sorocaba - Zona Oeste, Sorocaba - Éden, Salto de Pirapora, Itu, Piedade

Preparação para o exame:

INSTRUÇÕES
colo uterino e canal endocervical:

A paciente não deverá ter feito ducha vaginal nas 24 horas anteriores ao exame;
- Não deve ter feito exame ginecológico com o uso de iodo ou ácido acético nas últimas 24 horas;
- Não estar menstruada (caso estiver, aguardar 48 horas após o término da menstruação).
- Informar se o paciente está ou esteve recentemente em uso de antimicóticos.
- No caso de amostras de líquidos corpóreos, não realizamos a coleta do material pois trata-se de um procedimento médico

OUTROS EXAMES

Selecione a primeira letra do exame abaixo ou utilize o campo para digitar o exame que procura