Deseja selecionar mais exames?
SIM NÃO

CD4 - SUBPOPULAÇAO LINFOCITARIA

Informações

Os linfocitos T CD4 sao especificos para a maioria das infeccoes oportunistas, como pneumonicistose, citomegalovirus e toxoplasmose. Na infeccao pelo HIV ha uma predilecao por esta categoria. Os linfocitos T CD8 sao citotoxicos, eliminando celulas infecciosas ou neoplasicas. Tem importante papel no controle de infeccoes, lisando celulas infectadas por virus, protozoarios e alguns fungos. A contagem de CD8 nao prediz a evolucao dos pacientes com SIDA. A contagem de CD4, juntamente com a avaliacao clinica e a medida de carga viral plasmatica, sao parametros a serem considerados na decisao de iniciar ou modificar a terapia anti-retroviral na SIDA. Quando utilizamos o CD4 e a carga viral para decisoes de inicio ou mudanca de terapia devemos considera-los, idealmente, em duas ocasioes. Consideram-se significativas as reducoes de CD4 maiores que 30% (valores absolutos) em relacao a sua determinacao previa. Discordancia entre os resultados da carga viral e do CD4 pode ocorrer em ate 20% dos pacientes. Fatores influenciam a contagem do CD4: variacoes analiticas, sazonais, diurnas (mais baixo as 12h e picos as 20h), doencas intercorrentes (modestas diminuicoes em infeccoes aguda e cirurgias) e corticoides (podem diminuir de forma expressiva sua contagem). Esplenectomia e co- infeccao pelo HTLV-1 podem causar valores altos de CD4 apesar de supressao imune. Diminuicao de CD4 tambem pode ser encontrada em outras situacoes que nao a SIDA: tuberculose, hepatite B, citomegalovirose, toxoplasmose, criptococose e sindrome de linfocitopenia CD4 Idiopatica.
Os anticorpos anti-CD3 sao uteis para sondar a regiao constante dos receptores de celulas T, os quais se expressam exclusivamente nos linfocitos T imunocompetentes, no monitoramento de imunodeficiencia, doencas auto-imunes e nas leucemias e linfomas.



Biolabor 2019 - Todos os direitos reservados