INFORMAÇÃO PARA EXAME

ARSENICO, DOSAGEM NA URINA

As exposições ao arsênico no ambiente de trabalho normalmente ocorrem por compostos inorgânicos. Aparece contaminando vários alimentos (especialmente peixes e crustáceos) e água. Deve-se sempre avaliar as fontes não ocupacionais e a dieta do trabalhador, para melhor correlacionar os níveis urinários do arsênico com a exposição ocupacional. O arsênico e certos compostos arsenicais são considerados carcinogênicos

Unidade Biolabor para realizar esse exame:

Sorocaba - Campolim, Sorocaba - Penha, Sorocaba - Vergueiro, Votorantim, Sorocaba - Zona Norte, Sorocaba - Zona Oeste, Sorocaba - Éden, Salto de Pirapora, Itu, Piedade

Preparação para o exame:

INSTRUÇÕES

- Dieta: durante 3 dias que antecedem a coleta da amostra, recomenda-se não ingerir frutos
do mar.
- Não colher em local de trabalho.
- Retirar o uniforme, lavar as mãos e a genitália antes de colher.
- Recomenda-se colher o material no início ou final da última jornada semanal de trabalho.
- Recomenda-se iniciar a monitorização após 6 meses de exposição.
- Especificar o tipo de urina enviada ( se início ou final da jornada de trabalho).

Preparo:
Não ingerir alimentos contendo conservantes ins 200 (ácido sórbico), ins 202 (sorbato de potássio), ins 203 (sorbato de cálcio), ins 201 (sorbato de sódio) e ins 420 (sorbitol), 48 horas antes da coleta

OUTROS EXAMES

Selecione a primeira letra do exame abaixo ou utilize o campo para digitar o exame que procura