Deseja selecionar mais exames?
SIM NÃO

AMILASE, DOSAGEM SERICA

Informações

- Sangue: A amilase é uma enzima excretada pelo pâncreas, sensível no diagnóstico de pancreatite aguda. Eleva-se 12 horas após o início da pancreatite e persiste por 3 a 4 dias. Valores três a cinco vezes acima do nível normal sao considerados significativos. Níveis elevados também são encontrados em tumores periampulares, caxumba, úlcera peptica perfurada, obstrução e infarto intestinal, colecistopatias sem pancreatite, cirrose hepática, aneurisma de aorta, apendicite, traumas, queimaduras, uso de colinérgicos, meperidina e morfina. Hipertrigliricidemia pode causar resultados falsamente baixos.

- Urina: a dosagem na urina e utilizada juntamente com a dosagem sérica no diagnóstico de pancreatite. Na macroamilasemia encontramos amilase ligada a uma proteina maior, determinando níveis séricos aumentados e níveis urinarios normais, sem significado patológico.

- Líquidos ascítico e pleural: Níveis elevados de amilase nos líquidos pleural e ascítico estão associados a pancreatite, ruptura de esôfago e adenocarcinomas de pulmão e ovário. Amilase no líquido ascítico em valores três vezes maiores que no soro são indicativos de pancreatite. Em 10% dos casos de pancreatite

Preparo

jejum 4 horas


Biolabor 2017 - Todos os direitos reservados