Deseja selecionar mais exames?
SIM NÃO

ALUMINIO, DOSAGEM NA URINA

Informações

O alumínio e um elemento nao essencial, então considerado tóxico, porém de grande apreciação clínica como anti-ácido estomacal e como agente quelante de fosfato para pacientes em tratamento de diálise. Os principais efeitos tóxicos do Al são no SNC e no metabolismo ósseo.
O Ministério da Saude define como criteiro de avaliação que o aluminio deva ser monitorado pelo menos uma vez ao ano. Os valores de referência para pacientes em hemodiálise e para trabalhadores expostos não devem ser comparados, porque os compostos de aluminio não são os mesmos.

Preparo

urina jato medico ou Urina de 24 horas.

Colher jato médio da primeira urina da manhã ou urina com retenção de 4 horas entre as micções. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato do meio e desprezar o 3º jato.
- Colher preferencialmente no laboratório, em frasco desmineralizado.
- Não colher no local de trabalho.
- Retirar a roupa ou uniforme contaminado antes da coleta.

Não utilizar recipiente de vidro.
- Coletar o material em frasco desmineralizado.
- Não utilize luvas de latex para manipular amostras e materiais para análise de metais. A manipulação das amostras deve ser realizada com luvas de plástico sem talco, para se evitar a contaminação.
- Processo de desmineralização: Deixar o frasco (preferencialmente virgem) imerso em solução de Acido Nitrico 5 a 10% 48 horas. Enxague no mínimo 3 vezes em H2O (a melhor qualidade possivel, preferencialmente agua tipo especial). Secar em estufa a mais ou menos 60º C (o recipiente de secagem deverá ser coberto com papel filtro, preso com elastico). Manter protegido contra poeira.


Biolabor 2017 - Todos os direitos reservados