Deseja selecionar mais exames?
SIM NÃO

ACIDO DELTA AMINOLEVULINICO

Informações

A norma brasileira adota o Ala-U como indicador biológico para a vigilância de trabalhadores expostos ao chumbo e recomenda iniciar as avaliações biológicas no mínimo 1 mês após o início da exposição. A ação nociva do chumbo no organismo é precocemente revelada pelos sinais decorrentes da alteração na síntese do heme, causado pela inibição de algumas enzimas utilizadas na síntese da hemoglobina, devido a ligação do metal à enzima ácido aminolevulínico desidratase (ALA-D), causando o acúmulo do ácido delta aminolevulínico (ALA) no sangue e na urina.
Deste modo, a determinação da concentração do ácido delta aminolevulínico urinário (ALA-U) tem sido proposta para o monitoramento da exposição ocupacional ao chumbo, paralelamente aos níveis do metal no sangue (Pb-S).

Preparo

URINA DE 24 HS OU Urina recente (início ou final jornada de trabalho).
Recomenda-se iniciar a monitorização após 1 mês de exposição.
- O horário de coleta não é crítico desde que o trabalhador esteja em trabalho contínuo sem afastamento maior que 4 dias.
- Colher em frasco protegido da luz (âmbar) e manter a urina refrigerada durante todo o procedimento de coleta.
- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
Co
- Investigar se o paciente seguiu as instrucoes corretamente ou se tem algum problema que cause excesso de urina, por exemplo, diabetes.
- Atenção: se criança até 10 anos, informar peso e altura.


Biolabor 2017 - Todos os direitos reservados